A Globo tem planos de reconquistar os direitos de transmissão da Liga dos Campeões da UEFA que, no clico atual, pertencem ao Facebook. De acordo com publicação do Notícias da TV, por Gabriel Vaquer, a emissora está monitorando de perto as falhas e as críticas do público a rede social.

Dois diretores da Globo ouvidos pelo site consideram o serviço entregue pela rede social como "muito ruim" e vão usar isso para pressionar a Uefa. Além disso, apontam que a visibilidade da competição no Brasil caiu bastante e não repercute da maneira que a Uefa esperava de um dos maiores mercados do mundo. A intenção da Globo é mostrar que o Facebook não fez um trabalho melhor do que a emissora enquanto ela teve o torneio sob sua tutela.

A próxima licitação da Champions League será realizada apenas em 2021.