No dia 8 de abril, Fernanda Souza retorna à tela do Multishow com a nova temporada de “Vai, Fernandinha”. Na nova leva de episódios, gravados em São Paulo, a apresentadora recebe convidados como Iza, Carlinhos Maia e Tirullipa, Ingrid Guimarães, Baby do Brasil, Thiaguinho e Rodriguinho, Daniela Mercury, Buchecha e MC Marcinho, Heloísa Périssé, Noely e Xororó, entre outros nomes. Os 15 episódios inéditos possuem direção de Raphael Vieira e produção da Floresta e serão exibidos de segunda a sexta, às 22h30. No dia 8, a temporada completa estará disponível no Multishow Play, e o primeiro episódio poderá ser assistido mesmo por quem não é assinante de nenhuma operadora. A cada semana, um episódio estará aberto na plataforma por 24 horas.

Seguindo o formato divertido do programa, Fernanda reforça o caráter leve das brincadeiras com os convidados: "É um programa de entrevista onde as pessoas abrem o coração e contam histórias incríveis. E, para isso, a gente escuta muito a vida do convidado, tem um ambiente de casa, para deixar a pessoa à vontade. E obviamente as brincadeiras dão um tempero especial, que é uma outra marca do programa. Isso faz a gente embarcar nas histórias dos artistas."

A apresentadora ressalta a ansiedade pela resposta do público ao “Vai, Fernandinha”: "Que o público vai se divertir, a gente sabe que tem grandes chances de isso acontecer, porque colocamos o artista para se divertir. Mas conseguir fazer as pessoas aprenderem uma história, pegar algo como exemplo positivo... Vai Fernandinha não entretém por entreter. Ele é um programa que leva histórias de vida, informações, te faz olhar o artista como um ser humano, quer chegar no coração das pessoas e dar exemplos de superação e esperança", completa.

Ao longo dos 20 episódios, Fernandinha se emociona com as histórias dos convidados e destaca o episódio com Baby do Brasil: "O comentário da equipe foi que todos se arrepiaram em diversos momentos da entrevista. Que a luz do sol invadia o local de uma maneira, nas nossas cabeças, que as pessoas apontavam para o monitor. E a gente estava falando de Deus. Somos duas pessoas muito apaixonadas por Deus. Foi muito especial fazer esse programa com ela. A história de vida dela é um capítulo à parte, e não tem como não se emocionar."